Quarta-feira, 26 de Março de 2008

9

Madalena entra no quarto de Joana. Joana está divertida a saltar em cima da cama.

Madalena

Joana, o que estás a fazer? - ralha – Já devias de estar deitada à minha espera.

Joana

Só queria ter a certeza que a cama está bem montada. - diz, envergonhada.
Madalena
Como não foi o teu pai a montá-la, penso que estás segura. - diz, sorrindo – Mas só para ter a certeza, dá lá mais um salto.


Joana obedece, divertida.


Madalena

Ok. Agora toca a deitar. Nem te pergunto se já lavaste os dentes. - diz a sorrir – Queres que te conte primeiro a história e depois falamos?
Joana
Como eu posso adormecer enquanto tu me contas a história, é melhor primeiro falarmos.
Madalena
Que sobrinha esperta eu tenho. - diz, mostrando alguma desilusão com a resposta que Joana lhe deu. - Então o que é que queres saber?
Joana
Porque é que a Alice estava triste?
Madalena
Aí está algo que a tua tia vai ter que saber. Mas para já, nenhum de nós sabe. Ela não te contou nada durante as vossas brincadeiras?
Joana
Não. Só me disse que não se importava de brincar comigo todos os dias.
Madalena
Perguntaste-lhe por que é que ela disse isso?
Joana
Não. Eu também, se fosse a ela, não me importava de brincar comigo todos os dias. - responde decidida.
Madalena
Pois claro. Poderia lá haver outras razões? - diz, enquanto pensa que está na altura da sobrinha ter um irmão de forma a ficar menos egocêntrica – Mas não te preocupes com a Alice. Não deve ser nada de especial....e seja lá o que for a tua tia vai saber. Por isso, amanhã diverte-te com ela e não lhe fales nisso. E agora vamos à história. - diz, enquanto agarra num livro e o abre.
Joana
O que é uma depressão?

Madalena suspira e fecha o livro.

Madalena

É quando as pessoas passam muito tempo tristes.
Joana
E tu ficaste assim por causa de um homem? Não percebo.
Madalena
Para ti isso é esquisito, não é? Acontece que esse homem era muito especial para mim. Fazia-me sentir bem, feliz. Fazia-me rir.
Joana
Fazia-te muitas cócegas?

Madalena ri-se

Madalena

Também. Mas fazia mais coisas. E um dia disse que já não podia estar comigo, e por isso fiquei muito tempo triste.
Joana
E porque é que ele já não podia estar contigo?
Madalena
Porque....bom, porque ele tinha outra mulher e decidiu viver só com ela.
Joana
Tinha outra mulher?
Madalena
Sim.
Joana
E isso fazia-te rir? - pergunta, desconfiada.
Madalena
Ahhh...bom....Não! Isso nunca me fez rir. - responde atrapalhada.
Joana
E ele vivia contigo?
Madalena
Não. Vivia com a outra mulher. Mas estava sempre a dizer que ia viver comigo.
Joana
Mas como é que ele te fazia feliz? - diz, sem perceber muito bem as explicações da tia.
Madalena
Ó amor... são coisas complicadas para a tua idade.
Joana
Se calhar ele fazia-te cócegas muito boas. - diz, tentando ajudar a tia.
Madalena
Como é que te hei-de explicar?......Ele fazia a tia sentir-se especial.
Joana
Como se fosses a segunda mulher dele? - pergunta ingenuamente.

Madalena suspira e faz uma pausa, enquanto um pequeno sorriso se vai formando na sua cara.

Madalena

Pois... vendo as coisas assim... É um bocado esquisito, não é? Se soubesse tinha vindo falar contigo, em vez de gastar carradas de dinheiro em psiquiatras e medicamentos. - diz, enquanto dá um beijo a Joana e abre o livro das histórias – Mas agora isso já passou e a tua tia já começou uma nova vida. Por isso, agora vamos à história.
Joana
Posso só fazer mais uma pergunta?
Madalena
Se não for complicada....
Joana
Como é que a Sida passa de um homem para uma mulher?

publicado por Luis às 12:40
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De Teresa a 27 de Março de 2008 às 21:31
Adorei, li os "capítulos" de rajada :)

Espero que o próximo esteja para breve...bem dita a hora em que o seu blog foi destacado para eu ter conhecimento deste, não conhecia e pelas críticas parece que vou espreitar também o Vida de Casado ;) Até breve.

Aquele Abraço, Leuviah
De Paris Brest a 28 de Março de 2008 às 10:49
Oh! E eu a pensar que o homem da tia Madalena era um sacana!... Shame on me!
Afinal, é mais um daqueles homens com um grande, enorme coração, cheio de amor para dar, onde cabem duas mulheres (pelo menos!) ao mesmo tempo!...Oh! Que ternura!

Comentar post

.mais sobre mim

."Capítulos"

. 20

. 19

. 18

. 17

. 16

. 15

. 14

. 13

. 12

. 11

. 10

. 9

. 8

. 7

. 6

. 5

. 4

. 3

. 2

. 1

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Olha! Interacção!

E agora?
Merecemos 200 chicotadas por termos pensado que não sabias o que fazer à história
Merecemos 500 chicotadas por pensarmos que a série acabava aqui
Temos que depositar largas quantias de dinheiro da tua conta para que nos possas perdoar
A ciática ainda chateia, e o trabalho também, pelo que vamos a ver quando sai o próximo.
Pois, mas eu penso que continuas sem saber o que vai sair daqui.
E estas interacções ainda continuam!?
  
pollcode.com free polls
blogs SAPO

.subscrever feeds